• HOME
  • /
  • Blog
  • /
  • Uso de Ferramentas em Alta Resolução na Investigação de Áreas Contaminadas
  • Blog

Uso de Ferramentas em Alta Resolução na Investigação de Áreas Contaminadas

Introdução

O Modelo Conceitual da Área (MCA) contaminada deverá ser adequadamente definido para garantir que todas as plumas de contaminação sejam conhecidas e delimitadas, tanto em suas extensões horizontais, quanto para as suas extensões verticais.

Esta etapa de investigação detalhada é crucial para garantir que todos os riscos inerentes à contaminação sejam identificados, determinando os limites das plumas de contaminação, quantificando as massas das substâncias químicas de interesse (SQI), mapeando o transporte delas nas diferentes unidades hidroestratigráficas para caracterizar os cenários de exposição necessários à realização da etapa de Avaliação de Risco, que deverá ser refinada até se ter domínio da contaminação e seus desdobramentos ocasionados pela sua existência.

Para isso, as melhores práticas sustentáveis desta etapa do gerenciamento de áreas contaminadas deverão fazer usos de ferramentas de investigação ambiental em alta resolução (HRSC – High Resolution Site Characterization).

A investigação de alta resolução foi definida como sendo uma série de estratégias e técnicas que por meio de medidas em escala apropriada e em alta densidade de amostras, permite definir a distribuição dos contaminantes e o contexto do meio físico em que eles estão inseridos com baixo grau de incerteza, para embasar remediações mais eficientes e rápidas (USEPA, 2013).

Modelo conceitual de uma área contaminada.

 

Atualmente no Brasil são utilizados dois tipos de ferramentas de alta resolução nas atividades de investigação ambiental, sendo um voltado para a caracterização hidroestratigráficas das áreas contaminadas e o outro que permite a identificação das concentrações dos contaminantes por varredura (screening) nelas presentes.

A utilização das ferramentas de investigação em alta resolução deve ser priorizada em relação as tecnologias tradicionalmente conhecidas no mercado de gerenciamento de áreas contaminadas, por permitir obter o conhecimento refinado do MCA.

O uso destas ferramentas segue o princípio da sustentabilidade de menor geração de resíduos, maior robustez de informação, e possibilita reconhecer os locais realmente necessários de atuação nos projetos de remediação.

A Cetrel tem atuado de maneira efetiva na atualização do modelo conceitual nas áreas em que vêm gerindo os passivos.

No presente estudo, foram utilizadas as seguintes técnicas em alta resolução para o diagnóstico ambiental: Levantamento Geofísico pela técnica de caminhamento elétrico, Ensaios de Piezocone (CPTu) e Amostragem de Solo de Perfil Completo, com coleta de amostras de solo e água subterrânea.

Objetivos

Realizar a atualização do modelo hidrogeológico conceitual por meio de investigações ambientais com utilização de ferramentas de alta resolução, para identificar os perfis litológicos com maior potencial de transporte e de retenção de contaminantes de uma antiga área de deposição de resíduos industriais.

Atividades

O estudo foi conduzido com a realização de um Levantamento Geofísico por meio da implantação de 06 (seis) linhas geoelétricas pela técnica de caminhamento elétrico (CE) com arranjo “Dipolo-Dipolo”.

     Levantamento geofísico.

 

Foram realizadas 27 (vinte e sete) sondagens para a realização de Ensaios de Piezocone (CPTu). Nestes ensaios foram identificados os perfis indiretos hidroestratigráficos verticais, destacando os horizontes de maior ou menor condutividade.

Piezocone – CPTu.

 

Foram realizados ainda 20 (vinte) pontos de Amostragem de Solo de Perfil Completo (ASPC) com o uso de amostradores tubulares de polietileno denominados “liners” cravados pelo método “Direct Push” que permitiram o levantamento estratigráfico detalhado da área, levando ao conhecimento das camadas do corte geológico e as prováveis profundidades susceptíveis ao transporte e armazenamento de contaminantes, informações fundamentais para a elaboração do MCA.

Amostragem de Solo de Perfil Completo (ASPC).

 

Resultados

O conjunto de técnicas utilizadas identificaram as áreas prioritárias com presença de anomalias geofísicas. Os resultados do levantamento apontaram descontinuidades laterais na distribuição da resistividade elétrica em uma ou mais profundidades em subsuperfície, possivelmente originadas por percolação de contaminantes em subsuperfície e aumentaram a densidade de dados obtidos na investigação, refinando o MCA.

cetr

Resultados de levantamento geofísico.

 

A interpretação dos dados dos ensaios de CPTu permitiu o entendimento das heterogeneidades geológicas através da elaboração do perfil de condutividade hidráulica, mapeando as diferenças entre as camadas, posteriormente descritas criteriosamente através do ASPC, definindo as zonas preferenciais de fluxo e armazenamento de contaminantes, consolidando os resultados obtidos nas atividades de investigação da área.

Além disso, foi identificada uma camada contínua formada prioritariamente por areias siltosas com as maiores condutividades da área do estudo entre as profundidades médias de 11m a 17m, representando a camada que potencialmente pode transportar grandes massas de contaminantes com o fluxo da água subterrânea.

Resultados ASPC.

 

A combinação dessas ferramentas possibilitou a construção de um modelo conceitual do site com informações detalhadas do ponto de vista geológico e hidroestratigráfico. Permitiu ainda, definir as zonas alvo dos pontos de coletas de solo e água subterrânea para a quantificação das massas de SQI presentes no site e identificação dos hotspots da área, bem como o fechamento das plumas de contaminação do aquífero.

Resultados da atualização da hidrogeologia da área de estudo.

Leia Também

ENTENDA O SINIR E O MTR NACIONAL

Fique de olho nas mudanças e nos novos procedimentos!   Em 1º de janeiro de 2021 tornou-se obrigatória a utilização do Manifesto de Transporte Resíduos

Smart Monitoring

A importância de monitoramento em tempo real da toxicidade de efluentes industriais  Tecnologia de monitoramento em tempo real da toxicidade de efluentes industriais e do

Cadastre seu e-mail para receber materiais, informativos e novidades da Cetrel em seu e-mail.

Rod BA 530 Via Atlântica, SN, Polo Industrial de Camaçari, Camaçari, Cep 42.816-280

CETREL 2019. Todos os direitos reservados.

Ligamos para você

Insira seus dados para que possamos entrar em contato com você.