notas e notícias

Integrantes da Cetrel participam de evento mundial de água em Paris

11 maio de 2018
  • imprimir
  • voltar

Participar de eventos internacionais, conhecer e interagir com empresas de porte mundial é um exercício de networking fundamental para a Cetrel firmar novas parcerias e se colocar cada vez mais no mercado global, ganhando assim mais visibilidade.

Com esse propósito, o Gerente de Água da Distribuidora de Água da Cetrel (DAC), Mauro Salatiel e o Gerente de Tecnologia e Novos Negócios, Maurício Prado, participaram do Global Water Summit (GWS), um encontro de lideranças mundiais no setor de água, que aconteceu em Paris, na França, entre os dias 15 e 17 de abril.

O evento, que acontece há 12 anos, é internacionalmente conhecido como a conferência líder da indústria da água e proporcionou durante três dias oportunidades de conexões e de negócios através de palestras, conversas e espaços de networking direto com encontros pré-agendados entre empresas que tem interesse em se conectar.

Para Mauro Salatiel, o encontro foi fundamental para trocar contatos com organizações mundiais, como a Acciona, Koch Membrane e SBM Offshore, possibilitando a capitalização de oportunidades. “Fizemos alguns contatos com essas empresas internacionais que operam no Brasil, para ver possibilidades de atuarmos em conjunto e para ver a atuação que eles já têm. São oportunidades que se abrem quando fazemos esse tipo de contato, então é uma grande oportunidade para otimizarmos projetos”.

De acordo com a proposta da conferência, a chegada de novas tecnologias, negócios e fontes de financiamento estão impulsionando a indústria global de água para se conectar, inovar e repensar a forma como fazer negócios, assim a agilidade dos negócios é essencial para estabelecer vantagem competitiva à medida que oportunidades-chave surgem com os avanços nos limites do setor, a fim de moldar um futuro positivo para a indústria da água.

Segundo o Gerente de Água, o grande foco de discussão da conferência foi a dessalinização de água. O setor de óleo e gás, o Zero Liquid Descharge (ZLD), que é o reuso de toda a água sem nenhum descarte, tratamento de água municipal e industrial, sistemas de automação e novas possibilidades para financiamentos e fundos de investimentos foram outros tópicos debatidos no evento.